Mulheres lutadoras

O futuro às suas mãos

Zona Norte de Portugal

Alice Costa

Mulheres lutadoras - Alice Costa

Sócia gerente da empresa Agro-Matias, distribuidor  privado da Delegação Norte, concelho de Vila do Conde, e exclusivo na venda de Produtos da marca Pioneer. 

Fátima Barbeiro

Mulheres lutadoras - Fátima Barbeiro

Gerente da Cooperativa Agrícola de Viana do Castelo. Técnica com muita experiência, reconhecida pela sua competência e uma referência na região.

Catarina Ferreira

Mulheres lutadoras - Catarina Ferreira

Gerente da Cooperativa Agrícola de Vila Verde. Simpatia, jovialidade e trabalho feito na defesa dos agricultores e desenvolvimento agrícola da região.

Carla Garça

Mulheres lutadoras - Carla Garça

Sócia gerente da empresa Vilas Boas e Pereira Sociedade agro Pecuária Lda. Uma referência enquanto agricultora em Ponte de Lima e na delegação Norte. É uma trabalhadora incansável, muito educada e simpática.

Maria Manuela Marinho

Mulheres lutadoras - Maria Manuela Marinho

Gerente em Sociedade com o marido de uma das melhores explorações agrícolas no Norte de Portugal situada em Amarante. É uma enorme lutadora, muito respeitada no meio agrícola pelo trabalho desenvolvido.

Zona Centro de Portugal

Adélia Claro

Mulheres lutadoras - Adélia Claro

Sócia na exploração agrícola Fernando Couceiro Nobre (produção de milho grão e arroz) em Carapinheira. Desempenha funções de gestão e colabora em todos os trabalhos de campo.

Tem colaborado com a Pioneer no desenvolvimento do trabalho experimental.

É uma referência numa região onde grande parte das pessoas vivem da agricultura.

Graça Catarino

Mulheres lutadoras - Graça Catarino

Colaboradora na exploração agrícola, Sociedade Agrícola Quinta dos Torreões em São Silvestre, Coimbra. Exerce um papel fundamental na exploração no apoio à gestão e em todos os processos operativos desde a instalação das culturas, acompanhamento e colheitas das mesmas. Colabora com a Pioneer de forma proactiva facilitando todo o trabalho experimental realizado nesta exploração.

É uma referência na região pela sua eficiência e pelo formato qualitativo de trabalho que apresenta. 

Sónia Sarabando

Mulheres lutadoras - Sónia Sarabando

Agricultora (gerente) na sociedade agrícola que tem com o marido. Colabora com a Pioneer, ajudando na promoção e divulgação dos nossos produtos, tratando de forma cuidada os ensaios realizados na sua Exploração em Eixo, Aveiro. É uma referência no meio agrícola da sua região pela sua simplicidade e entrega ao trabalho.

Clara Jorge

Mulheres lutadoras - Clara Jorge

Sócia na exploração agrícola Quinta do Muroz (produção de leite) em Bebedouro, tem um papel fundamental no controle e gestão da ordenha. Desenvolve um trabalho extremamente competente na exploração, sendo também uma referência na gestão dos recursos humanos. Tem colaborado com a Pioneer, sempre com enorme satisfação.

Maria de Fátima Reis

Mulheres lutadoras - Maria de Fátima Reis

Sócia na exploração Irmãos Soares (produção bovinos de carne) e sócia na exploração Agroespinhelense (produção de leite) em Ois da Ribeira, Águeda, é responsável pelos processos administrativos e gestão da exploração, tendo também funções operativas no maneio do efetivo pecuário.

Tem colaborado com a Pioneer de forma transparente e amiga.

Zona Sul de Portugal

Paula Borrego

Mulheres lutadoras - Paula Borrego

Administradora da firma Borrego Leonor & Irmão S.A., um dos principais Distribuidores de factores de produção para a agricultura em Portugal com sede em Almeirim. Soube rodear-se de uma equipa de bons profissionais e transformar um negócio familiar respeitável na região, numa empresa de referência nacional que faz da assessoria técnica, da qualidade dos seus serviços e da qualidade dos produtos que comercializa, a sua imagem de marca. Uma senhora que soube dar uma dinâmica particular ao seu negócio  e conquistar o respeito de colegas, colaboradores, fornecedores e agricultores.

Uma lutadora!

Ana Barroso

Mulheres lutadoras - Ana Barroso

Técnica da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) desde 1993, desenvolve a partir de Santarém a sua ação de apoio técnico aos agricultores do Ribatejo e Alentejo de forma apaixonada e com enorme competência.

Uma força da natureza que extravaza  simpatia e contagia todos à sua volta.

É uma enorme lutadora no apoio aos agricultores!

Mulheres lutadoras

Mulheres lutadoras

Teresa Dias, Tânia Silva, Marta Dias, Sónia Ferreira, Susana Covão, Maria José Cardoso Pires, Suzete Matos, Carla Petulante e Alexandra Fernandes.

Nas suas diferentes competências, são uma verdadeira equipa de mulheres lutadoras na defesa e auxílio aos agricultores do Ribatejo. A desenvolverem a sua atividade maioritariamente na zona da Golegã, são responsáveis pelo apoio técnico, logístico e administrativo a muitos dos associados da Agrotejo e Agromais. Estas lutadoras, são respeitadas pelo seu empenho, profissionalismo e contagiante simpatia, nunca regateando esforços no seu contributo para o desenvolvimento da agricultura na região.

Maria do Rosário Félix

Mulheres lutadoras - Maria do Rosário Félix

Filha de agricultor é uma apaixonada pela atividade Agrícola, com particular enfase no ensino. Doutorada em agronomia, é docente na Universidade de Évora e a sua linha de investigação, desde há cerca de 25 anos, baseia-se no estudo dos agentes patogénicos que infetam as principais culturas mediterrânicas. Desde há vários anos que presta apoio à comunidade agrícola através do diagnóstico de agentes fitopatogénicos e aconselhamento do modo de intervenção, com particular destaque para as metodologias de prevenção para o Cephalosporium.

Exemplo de uma grande lutadora ao serviço da comunidade!

Mulheres lutadoras

Mulheres lutadoras

Esquerda: Maria do Amparo Barbas

Uma senhora com grande sentido social e responsabilidade pelo bem estar dos seus familiares e colaboradores. Foi a principal obreira na recuperação da Casa Agricola da familia na qual, ao longo dos anos que leva de atividade, soube conciliar o seu papel de esposa, mãe e empresária. Muito inteligente e dotada de grande sensibilidade, soube dotar a sua empresa de meios e recursos humanos, sendo hoje uma empresária de sucesso e referência na região de Elvas. Recetiva à inovação, foi uma das pioneiras na utilização da biotecnologia e da agricultura de conservação, sempre com uma forte motivação ambiental. O seu lema, “O desejo mede os obstáculos, a vontade vence-os”, faz de Maria do Amparo uma fonte de inspiração para jovens empreendedoras. 

Centro: Ana Paula de Almeida Cruz de Carvalho

É licenciada em Agronomia e exerce funções de Subdiretora geral da DGAV desde maio de 2014. Registo de variedades vegetais e direito de obtentor, sementes e materiais de propagação de plantas, OGM, produtos fitofarmacêuticos, inspeção fitossanitária e fitossanidade são a sua área de supervisão.

É uma profissional com enorme capacidade de trabalho e organização, sentido prático, muito pró-ativa e por quem todos os profissionais e académicos ligados ao setor Agrícola nutrem grande simpatia. Faz do seu apurado sentido de humor e resiliência o seu principal cartão de apresentação.

Direita: Gabriela Cruz

Licenciada em agronomia, cedo tomou a liderança da exploração familiar com um enorme sucesso pela sua visão empresarial e capacidade de inovação. Carateristicas únicas de trabalho, visão empresarial e sentido associativo, levaram o sr. Presidente da Republica a  atribuir-lhe o grau de Comendador do Mérito Agrícola. A sua atividade não se restringe à zona de Elvas, onde reside, pois muitas são as solicitações para participar em palestras e atividades relacionadas com biotecnologia, novas culturas, agricultura de conservação, etc.. Uma visionária que merece todo o nosso reconhecimento e respeito, em resumo, uma ”Lutadora”.