11CFT

Inoculantes

Para silagem de Milho

O inoculante Pioneer® 11CFT é o 1o inoculante da nova geração de inoculantes pois actua para além da fermentação. 

Além da estabilidade aeróbica que proporciona à silagem, já conhecida dos nossos inoculantes, alia um aumento da Digestibilidade da Fibra (NDFd) e da ingestão de M.S. Desta forma temos um aumento do aproveitamento da silagem ingerida com melhoria das taxas de passagem no rúmen.

As enzimas ferulate e acetil esterase, produzidas pela nova estirpe do Lactobacillus buchneri, que modificam a fibra das paredes celulares desagregando-a da lenhina, permitem uma digestão mais completa da fibra por parte das bactérias do rúmen.

 

Destaca-se por:

• Estabilidade aeróbica superior a 24 horas face a silagem não inoculada.

• Diminuição das perdas de M.S. pelo perfil fermentativo formado.

• Aumento da digestibilidade da fibra entre 4-8%.

• Aumento da ingestão entre 1,5 e 3,6 kg/vaca/dia.

• Aumento da digestibilidade de 4% significa aproximadamente mais 15 litros de leite/tonelada de silagem, e em média 975 litros de leite/ha

 

Utilização

Para utilização em silagem de milho, após um período mínimo de fermentação de 60 dias, de forma a permitir que as bactérias produzam as enzimas e outros produtos finais da fermentação potenciando a digestibilidade da fibra e estabilidade aeróbica.

 

Como actua?

Na sua composição tem, para além do Lactobacillus casei, uma nova estirpe do Lactobacillus Buchneri capaz de produzir enzimas (ferulates e acetil esterases) que quebram as ligações entre a lenhina e a celulose e hemicelulose, à medida que se replicam na silagem. Isto permite uma digestão mais completa da fibra quando as bactérias ruminais degradam a silagem.

 

Impacto do 11CFT em dietas

Dieta originalmente formulada para 41 kg de leite/3.6% de gordura com vacas alimentadas com 28.2 kg de silagem de milho. Foi utilizado o Programa de Formulação CNCPS 6.1.36.0 e procedemos à remoção de farinha de soja e farinha de milho na dieta, até atingirmos valores de produção de leite e produção de proteína microbiana no rúmen similares aos valores obtidos com silagens convencionais, não tratadas com 11CFT.

 

*Preparação de aditivos para silagem. Este produto pode ser usado em Modo de Produção Biológico de acordo com o Regulamento (CE) n.o 834/2007